Menu

domingo, 15 de dezembro de 2013

As Crianças Trocadas - A Guerra dos FAE - Livro 01 - Elle Casey (Resenha #124)

Páginas: 288
Editora: Geração Editorial
Capa: ★★
História:  

Sinopse: Jayne Sparks, rebelde e língua afiada de dezessete anos e seu melhor amigo, tímido e estudioso Tony Green tem uma existência muito típica de escola secundária, até que vários incidentes aparentemente não relacionados convergem, causando uma cascata de eventos que mudam suas vidas para sempre. Jayne e Tony, junto com um grupo de adolescentes em fuga, são sequestrados e enviados para uma floresta, onde nada e ninguém são o que parecem. Quem sairá triunfante? E o que eles serão quando o fizerem?


 


 O novo selo da Geração Editorial, Geração Jovem, traz um livro que tem tudo para agradar a todos. Jayne e Tony são amigos, mesmo Jayne sendo mandona, desbocada(e como), até que Tony, sim o quietinho e indefeso Tony, decide fugir e levar Jayne com ele. E é quando eles encontram Jared e seus amigos que tudo começa, pois irão participar de uma "pesquisa" em forma de competição. Na verdade é uma sobrevivência, pois é na floresta que tudo ocorre. Todos do grupo são selecionados, Jared, Chase, Finn, Becky, Spike, e a Jayne e o Tony. Cada um se destaca em algo no que é bom e os garotos descobrem que há uma chance de não saírem vivos da floresta, pois os lobisomens, feiticeiras, sucubus, orcs querem matá-los. 

 Eu adorei a história, pois além de ter uma narrativa que nos prende à leitura, de linguagem simples, também é composta por vários elementos que enriquecem o enredo, ela ainda traz bons diálogos(adoro) e ótimos personagens. Cada um com sua personalidade característica que pode ser essencial na floresta, além de nos cativar também, pois a autora trabalhou muito bem neles. A Jayne nossa protagonista é ótima, não leva desaforo e fala mesmo o que vem a cabeça, e uma das coisas que vem é palavrões(puta merda é um de seus favoritos) rs. Jared é o misterioso, Chase o caladão, Spike o boa praça de dentes bonitos rs (só lendo pra saber), Finn é habilidoso e Becky é a Becky. A amizade que vai se desenvolvendo entre eles é bem legal, a medida que os perigos vão surgindo, os laços vão se aprofundando e a confiança é enraizada, mas é um ponto Jayne se questiona se um deles é mesmo confiável, pois nem tudo que parece é. A arte gráfica ficou muito boa, cada começo de capítulo é destacado, a capa remete bem a história, livro de tamanho médio e de leitura rápida. O fim é bem interessante e deixe um fio para a continuação (que eu já estou ansiosa)e o último parágrafo foi um oh, como assim? . A Guerra dos FAE é uma história cheia de humor e aventuras para agradar a todos e As crianças trocadas é apenas o começo desta saga que já começou muito bem!


O que me fez considerar como ótimo e entrar para favoritos é que ele tem todos os elementos que eu gosto (personagem desbocada, mas inteligente e safa, bons diálogos e com humor e uma boa história, formando um ótimo conjunto). Teve um momento(a do lobisomem), que eu dei uma crise de riso, acho que tava bem louca ou como diz a Shakira (loca, loca, loca), tive que parar porque o homem do meu lado, com certeza achou que eu era surtada(tava no ônibus rs). Eu recomendo mesmo e espero que gostem tanto quanto eu!


Onde Comprar: Submarino / Saraiva / Cia dos Livros / Fnac  / Outros (buscapé).
Acompanhe a Geração pelas redes: @geracaobooks /  Site e Face

Quem já leu não deixe de compartilhar sua opinião, ok
Beijos tuk tuk tuk :*

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Olho por Olho - Olho Por Olho - Livro 01 - Jenny Han, Siobhan Vivian (Resenha #123)

Páginas: 320
Editora: Novo Conceito
Capa: ★★
História:  

Alguma vez você já quis realmente se vingar de alguém que a ofendeu? Talvez uma ex-amiga que a apunhalou pelas costas, ou um namorado traidor, ou um estúpido da escola que a humilhou desde que você era pequena… Alguma vez você já sonhou em envergonhá-lo na frente de todos? E, então, alguma vez você se uniu com outras duas pessoas para criar um elaborado esquema de destruição e revanche? A maior parte de nós não pode dizer que sim a todas essas perguntas (felizmente). Mas, certamente, todos nós somos capazes de nos identificar com muitos dos sentimentos de Kat, Lillia e Mary em Olho por Olho… No entanto, de um exercício de malícia, de uma simples brincadeira adolescente, o jogo do “aqui se faz, aqui se paga” poderá assumir proporções trágicas, em que até mesmo as leis da natureza vão se dispor, misteriosamente, a acalmar os corações ofendidos. Deixe-se levar por uma genuína história sobre o certo e o errado, o justo e o injustificável e procure entender — se possível — os verdadeiros motivos que transformaram estas três meninas. Dramático, honesto e fascinante, este é um livro que ultrapassa todas as expectativas!


O livro narra a história de três personagens, Kat, Lilian, Mary. Mary após incidentes de seu passado saiu da Ilha Jar e só retornou agora em seu último ano. Lilian, Coreana (*-*) é a tipo princesinha e Kat é a independente. Apesar de Kat, Lilian terem  sido amigas, isso não existe mais, já que quando Rennie decide romper com Kat, Lilian meio que se deixou levar. Rennie é uma chatinha, invejosa, arrogante, líder de torcida. A ala masculina trás Alex um jogador, que tudo demostra que gosta de Lilian (Cho), ele é muito diferente de seu amigo Reeve, quaterback do time que é arrogante, implicante (mas suspeito que ele esconde algo). Devido a fatos que o enredo trás, o destino reuni Lilian, Kat e Mary, e cada uma terá motivos para querer vingança.

Devorei esse livro, adorei as meninas, (tá que a Mary é meio apagadinha, mas acho que ela vai surpreender ainda), gostei da amizade que vai surgindo, gostei dos diálogos. A Kat e a Cho, são ótimas. Os diálogos entre a Kat e o Alex também eram muito bons. As coisas não ocorrem do jeito exatamente como elas planejaram, mas isso impulsiona a continuação (que eu estava doida pra ler e já estou lendo). Gosto da capa, não sei porque, mas achei que o ar exótico da Lilian deu o “Q” a capa rs(estão sacando que eu curto/adoro cultura ou tudo que envolva asiáticos, em especial coreanos né rsrs). Os capítulos são intercalados entre as 3 meninas. Enrendo envolvente e ao meu ver, uma ótima leitura que eu recomendo para vocês.



E ai, vocês já leram? pretendem?
Compartilhem suas opiniões, adoraria lê-las!

Beijos tuk tuk tuk :*

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Capas #5: Simplesmente Irresistível - Rachel Gibson


Ei gente, hoje com mais uma coluna CAPAS. Fazia tempo que não postava ela, onde mostro capas em várias nacionalidades.

Nossa, 1 ano que não posto essa coluna, credo! E é uma das que adoro.

O livro é Simplesmente Irresistível da Rachel Gibson e como foi um livro que eu adorei,(Resenha) resolvi conhecer as outras capas dele.

Brasil

Alemanha

Eslovênia

França

Holanda

Hungria

Americana ebook

Americana 

 fiquei em duvida, mas na capa tem Roman 

Espanha

Turquia

Eu adoro a brasileira, mas a da Alemanha também é bem bonita, as capas americanas são bonitas também.
As capas que tem  a noiva condiz com a história, mesmo não sendo as mais bonitas na minha opinião, das noivas a melhor é americana . A do vestido rosa também condiz e essa última a noiva e o taco de hóquei, totalmente.
E vocês qual gostaram mais?

Beijos :*

sábado, 30 de novembro de 2013

É melhor não saber - Chevy Stevens (Resenha #122)

Páginas: 320
Editora: Arqueiro
Capa: ★★
História:  

Sinopse: Sara Gallagher nunca sentiu que pertencesse de verdade à sua família de criação. Embora sua mãe seja amorosa e gentil e ela se dê bem com sua irmã Lauren, a relação com o pai e a irmã caçula, Melanie, sempre foi complicada. Às vésperas de se casar, Sara decide que está pronta para investigar o passado e descobrir suas origens. Mas a verdade é muito mais aterrorizante do que ela poderia imaginar. Sara é fruto de um estupro, filha do Assassino do Acampamento, um famoso serial killer. Toda a sua paz acaba quando essa história é divulgada na internet e o pai que ela anteriormente queria conhecer resolve entrar em sua vida de forma avassaladora. Eufórico com a descoberta de que tem uma filha, John vê nela sua única chance de redenção. E, para criar um vínculo com Sara, ele está disposto a tudo, até a voltar a matar. 
Ao mesmo tempo, a polícia acredita que essa é sua única chance de prender o assassino e resolve usá-la como isca. Então Sara se vê numa caçada alucinante, lutando para preservar sua vida e a de sua filha. É melhor não saber é um complexo retrato de uma mulher tentando entender suas origens. Uma história cheia de reviravoltas, na qual ninguém é completamente bom ou mau.

Sara sempre soube que era adotada e sempre quis saber quem era seus pais biológicos. Ela tem uma filha, Ally (um tanto geniosa, vamos combinar), ela mora com Evan e estão prestes a se casar. Seu pai sempre a manteve de lado e também era duro com ela. Suas irmãs, Lauren é a paciente, a que houve tudo, mas também é meio apagadinha, já Melanie, é a chata, implicante e até meio invejosa. A vida de Sara dá uma reviravolta quando ela descobre sua mãe e seu pai biológico, ou quase dizendo ele a descobre. Sara começa a surtar quando descobre que seu pai é um serial killer e que agora quer conhecê-la.


Achei interessante a formação do enredo, de como a autora conduziu a história. O conflito vivido pela Sara em tentar se manter segura, não só a ela, mas sua filha também. As vezes gostava da Sara por ela ser decidida, mas também as vezes ela me irritava, principalmente quando deixava a Melanie e o pai adotivo falar e agir como quisesse e também quando deixava-se afetar pela Julie. Evan o noivo, é um amor de pessoa e bem compreensivo. O fim do livro foi bem inesperado e quando achei que tinha acabado, ainda teve um algo mais. No geral eu gostei do livro, os mistérios são levados até o fim e com um serial killer bem inteligente e safo e com um final que pode surpreender.


Onde Comprar: 
Leia trecho

Não esqueça de participar do top comentarista do blog, valendo os livros Beijada por um anjo 5 e 6.
Beijos tuk tuk tuk :*

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Comunicado do top comentarista x Sem internet

Olá!

Pessoas, tudo bem com vocês?
O comunicado é o seguinte, eu estou sem internet, antes ela estava ruim desde outubro, mas agora ela é inexistente, por conta disso não consigo postar nada e nem visitar outros blogs, então tava pensando em adiar ou cancelar o top comentarista deste mês, mas pensei também que não é justo com quem já participa.

Visto que um top comentarista sem postagens é inviável, concordam? então, pensei em prolongar a data, até mesmo para que eu tenha tempo, parar não postar de qualquer jeito. Ao invés de terminar dia 15-12, terminará  dia 25-12, afinal ainda sim serão 2 livros para 1 pessoa. Então só o que muda é a data de término..irei atualizar o banner assim que possível. Se houver dúvidas entre em contato, pois email, é mais fácil de responder.

Espero resolver logo, porque, gente, é ruim demais, atrapalha tudo ficar desconectada. Só na faculdade que consigo fazer algo..

Até mais!
Beijos!


segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Charlotte Street - O amor pelas ruas de Londres - Danny Wallace (Resenha # 121)



Páginas: 400
Editora: Novo Conceito
Capa: ★★
História:  


Sinopse: Tudo começa com uma garota... (porque sim, sempre há uma garota...) Jason Priestley acabou de vê-la. Eles partilharam de um momento incrível e rápido de profunda possibilidade, em algum lugar da Charlotte Street. E então, em um piscar de olhos, ela partiu deixando-o, acidentalmente, segurando sua câmera descartável, com o filme de fotos completo... E agora Jason — ex-professor, ex-namorado, escritor e herói relutante — se depara com um dilema. Deveria tentar seguir A Garota? E se ela for A garota? Mas aquilo significaria utilizar suas únicas pistas, que estão ainda intocáveis em seu poder... É engraçado como as coisas algumas situações se desenrolam...



Jason Priestley um critico que após ter encontrado uma mulher na rua e ela ter esquecido sua camera em sua mão, meio que se apaixonou a primeira vista, mas deois disso ele não a viu mais. A história trás a vida de Jason, seu dia a dia, seu trabalho como crítico no jornal,  e seus amigos. Dev seu melhor amigo desde a faculdade, sempre o ajuda a superar,  já que a ex de Jason terminou e agora está com outro cara, noiva e gravida.  Jason decide encontrar  a moça misteriosa, dona da máquina, logo com a insistência de Dev revela as fotos a fim de descobrir pistas sobre  “a mulher”.  Dai a história vai desenrolando, Jason e Dev em algumas aventuras (não tão aventura assim). Jason vai levando a vida, conhecendo novas pessoas.

Pensei que seria uma história diferente, os personagens não me cativaram, achei o Jason sem graça, no início parecendo sempre sem vida por causa do fim de sua relação com Sarah, além do que ele não parecia satisfeito com seu trabalho e não fazia muito para mudar. Gostei um pouquinho mais do Dev e da Abbey do que do Jason. O livro é grosso, mas muitas das passagens achei que se não houvesse não perderíamos nada, assim após a metade do livro já achava a história maçante, principalmente por não ter nada mais animado, um.. sei lá, um romance propriamente dito, pois ficou muito no dia a dia do Jason, não que isso fosse um problema se houvesse outras situações mais animadas. Dentre os diálogos  os que eram melhores eram os que a Abbey participava. Não abandonei o livro, porque realmente odeio abandonar uma história. Acho a capa bonita e achei que gostaria da história, mas não funcionou pra mim. Mas como cada pessoa tem seu momento ou vê as histórias de ângulos diferentes, então só lendo para saber se irá gostar, saber o rumo que aguarda Jason e essa garota desconhecida. 



Onde Comprar:  Saraiva / Cia dos Livros / Buscapé (todas as ofertas).

Alguém já leu, se sim o que achou, se não, pretendem ler?
Beijos 

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Eternamente - Beijada por um Anjo 6 - Elizabeth Chandler (Resenha #120)

Páginas: 256
Editora: Novo Conceito
Capa: ★★
História:  

Os apaixonados, Tristan, o anjo, e Ivy, a mortal, finalmente conseguem se tocar. Isto só pode acontecer porque Tristan ocupou um corpo, o corpo de Luke. Mas Luke era procurado pela polícia — que não sabe que ele está morto e continua a persegui-lo. Portanto, Tristan torna-se, sem querer, um alvo da polícia. Da polícia e do verdadeiro criminoso, a quem não interessa ver Luke vivo. É preciso dar fim a esta perseguição. O casal precisa esclarecer rapidamente toda a confusão em que Luke se meteu. Mas, ao conviver com pessoas perigosas e chantagistas — e insistir em fazer o que for para ficar perto de Ivy —, o anjo aproxima-se das coisas ruins que podem levá-lo a fraquejar e perecer, especialmente agora, que ele é um anjo caído. Por causa de Ivy, Tristan vem se aproximando cada vez mais das forças mundanas e das trevas — e de Gregory também. Por outro lado, Gregory vem aumentando seu poder, especialmente depois que possuiu o corpo de Beth. E esse desequilíbrio de forças pode acabar em uma triunfante vitória do mal. A não ser que Ivy tome a frente dessa batalha...

*Não há spolier

É chegado o desfecho desta série, Ivy está preocupada com o desaparecimento de Tristan/Luke depois dos acontecimentos do livro anterior. Gregory também está “sumido” depois que saiu de Beth. Agora além de preocupar-se com a ameça iminente que é Gregory, Ivy tem Brian aterrorizando-a,  já que agora ela conhece toda a verdade e sabe tudo o que ele aprontou com Luke. Philip aparece novamente,  a Kelsey  age como uma vaca com a Ivy, é muito irritante. Lacey, é sempre a Lacey. Beth e Will sempre ajudando Ivy. Temos mais alguns diálogos com outros personagens, como Max, Chase. Um romance vem surgindo no círculo de Ivy. As respostas vem aparecendo aos poucos sobre os mistérios que iniciaram com o livro 4 e aprofundaram-se no livro 5.

A formatação do livro vem seguindo o padrão dos anteriores (página amarela, fonte em negrito, capítulos curtos). O quebra cabeça vai se juntando e Ivy e Tristan estão perto da verdade, mas os perigos estão a espreita, e vem de onde eles menos imaginam. A Ivy melhorou bastante e que bom que não desisti no primeiro livro (e eu odeio desistir de algo ou abandonar). O destino de Ivy só ela pode fazer algo, compreender qual caminho tomar para salvar Tristan e a si mesma, porque Gregory não vai deixá-la em paz, principalmente agora que está mais forte e querendo sempre o pior.

Apesar de não ter imaginado o final, eu achei lógico e apesar de tudo gostei, apesar de que a última página deixou uma dúvida pairando. Como a ideia da autora era escrever inicialmente 3 livros, achei que ela conseguiu levar os 3 livros seguintes bem, já que ela teve que inserir novos personagens e arquitetar uma “nova” história ou melhor seguir outros caminhos para fundir com a história inicial e chegar ao desfecho final.

Se o primeiro livro de uma série não agradar não desista, pois ele pode melhorar, na maioria das vezes, ( pra mim, o primeiro foi bem fraco, mas o 2 e 3 foram bons, o 4º foi mais devagar e depois melhorou no 5 e 6 livro).



Resenhas anteriores:
Resenha do primeiro livro aqui
Resenha do segundo livro aqui 
Resenha do terceiro livro aqui
Resenha do quarto livro aqui
Resenha do quinto livro aqui

Alguém já leu esse livro, ou algum livro da série? Pretende? Esse livro tá no Top comentarista de Novembro, então, quem se interessar...
Eita semana conturbada, finalmente, feriadão \0/  consegui viajar, cheguei hoje (quinta a noite) em Fortaleza ebaa!!! como esse semestre tá brabo rs, vou aproveitá-lo ao máximo..bom feriado pra vocês!

Beijos tuk tuk tuk :*

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Top Comentarista: Novembro - Beijada por um Anjo 5 e 6



Dois livros para 1 ganhador, livro 5 e 6 da série beijada por um anjo
Os comentários são válidos nas postagens, apenas, a partir desta até as do dia 25-12-13.



Dúvidas, ensaiosdeumaleitura@gmail.com 

O resultado do top anterior, foi atualizado no próprio raffle, para quem quiser conferir Aqui

sábado, 26 de outubro de 2013

Simplesmente Irresistível - Livro 01 - Rachel Gibson (Resenha #119)

Páginas: 389
Editora: Geração Editorial
Capa: ★★
História:  
Sinopse: Cheia de romantismo, humor e picardia, esta história da inigualável Rachel Gibson começa com o casamento, no Texas, da recém-formada Georgeanne com o milionário Virgil, um homem três vezes mais velho que ela. Os únicos talentos de Georgianne são cozinhar e falar muito, mas o que Virgil realmente aprecia nela é o corpo curvilíneo e perfeito. Percebendo que não é capaz de desposar um homem com idade para ser seu avô, Georgeanne larga o noivo no altar e foge com o astro do hóquei John Kowalsky, que joga no time do qual Virgil é proprietário. John não faz ideia da encrenca em que se meteu, e só percebe que está ajudando a noiva do seu chefe quando já é tarde demais. Uma longa noite se estende diante deles, e nenhum dos dois resiste à tentação de passá-la juntos. Mas, no dia seguinte, John dispensa Georgeanne para não comprometer sua carreira, deixando-a com o coração partido e sem rumo. Sete anos depois, os dois se encontram novamente. Georgeanne é sócia numa empresa de catering em seattle e ele deixou os dias de rebeldia para trás. outra surpresa aguarda John: ele descobre que aquela noite de amor produziu uma filha adorável e incorrigível, de cuja vida ele quer fazer parte. A paixão por Georgeanne renasce; mas será que ele vai se arriscar, novamente, a incorrer na cólera do seu patrão? Ela, vai aceitá-lo, depois de ter levado um fora dele? Diversão garantida também é o romance de Mae e Hugh, amigos dos protagonistas, nesta trama hilária, cheia de personagens impagáveis, de uma das autoras mais lidas e apreciadas da atualidade.




Georgeanne (Georgie) deixa Virgil no altar e foge, ela acaba pegando carona com um de seus jogares, e quando ele descobre fica na dúvida se a ajuda ou não, mas acaba por fazê-lo. Ele a leva para sua casa de praia, para ela se restabelecer, claro que a tensão sexual entre os dois é gritante então John fica entre a cruz e a espada e o que ele escolhe? a cama, lógico rs. Porém, depois de tudo ele compra uma passagem para Georgia, partido seu coração. Mas quando está só ela resolve ficar e passa a trabalhar com Mae. Sete anos depois, em uma bela noite, ela encontra quem, John e sai correndo, sim agora ela tem algo a esconder. John descobre onde ela mora e vai até ela e lá, ele descobre porque ela fugiu, ela queria esconder a realidade(que estava apaixonada por ele ainda? não, quer dizer sim) que eles tinham uma filha e logo ele quer assumir a paternidade da menina e ai temos o desenrolar maior da história.

As discussões são frequentes e ai vem as tentativas de resistir um ao outro. Os outros personagens são ótimos também, a Mae tem uma personalidade e tanto e o melhor amigo de John, Hugh não fica atrás, ele é divertido e sempre tenta irritar Mae, assim os diálogos entre eles sempre são bons. Foi o primeiro livro da Rachel que li e claro, pretendo ler outros. A narrativa é divertida, e os diálogos no geral são bem humorados. A Geogie no inicio é meio fragilzinha, mas após ter sua filha passa a ser totalmente independente, forte. Apesar do enrendo não ser algo tão inovador, eu não me importo, pois eu adoro este gênero. A leitura fluiu bem pra mim, tanto que devorei o livro. A capa é linda, a diagramação do livro é confortável (páginas amarelas e fonte em boa numeração). Um romance divertido que pode deixar com gostinho de quero mais!




Onde Comprar: Saraiva / Fnac / buscapé (todas as ofertas). 

Vocês já leram algum livro da Rachel Gibson? leriam este?
Bom Domingo!


quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Destrua-me - Trilogia Estilhaça-me - Livro 1.5 - Tahereh Mafi (Resenha #118 )

Páginas: 99
Editora: Novo Conceito
Capa: ★★
História:  

Sinopse: Perfeito para os fãs de estilhaça-me que aguardam desesperadamente a liberação de Liberta-me, este original digital da série irá preencher a lacuna entre esses dois romances a partir da perspectiva do vilão que todos nós amamos odiar, Warner, o líder cruel do Setor 45. Em estilhaça-me de Tahereh Mafi, Juliette escapou o restabelecimento seduzindo Warner e, em seguida, colocando uma bala em seu ombro. Mas como ela vai aprender em Destrua-me, que Warner não é tão fácil de se livrar. . . De volta à base e se recuperando de seu ferimento quase fatal, a Warner fará de tudo em seu poder para manter seus soldados em cheque e suprimir qualquer menção de uma rebelião no setor. Ainda que obcecado com Juliette, como sempre, a sua primeira prioridade é encontrá-la, trazê-la de volta, e dispor de Adam e Kenji, os dois traidores que ajudaram a sua fuga. Mas quando o pai de Warner, O Comandante Supremo do restabelecimento, chega para corrigir os erros de seu filho, é claro que ele tem muito planos diferentes para Juliette. Planos esses que Warner simplesmente não pode permitir. Na sequencia de Estilhaça-me e antes de sua próxima sequencia, Liberta-me, Destrua-me é uma estoria contada a partir da perspectiva da Warner, o líder cruel do Setor 45.

Eu como fã da série estava querendo acompanhar esta história já que Destrua-me é contada pelo Warner. A história continua a partir dos eventos de Estilhaça-me, Warren está machucado e se restabelecendo, além de estar furioso com a fuga de Juliette. Neste livro o conhecemos melhor e se você leitor, assim como eu nutria certa antipatia pelo vilão, bom, venha preparada(o) para simpatizar ou até gostar dele, pelo menos foi o que ocorreu comigo. Vemos um Warren totalmente diferente, conhecemos seus pensamentos, sentimentos e fraquezas. E vamos combinar, ninguém merece aquele pai dele né, que chega para por "ordem". Seu pai o general supremo deixa bem claro quais são seus planos para a Juliette. E ainda para simpatizarmos ainda mais pelo nosso vilão, ele encontra o diário de Juliette e passa a sofrer ao ler cada pensamento dela (tadinho). Agora me digam, como odiar ele depois de conhecer sua vulnerabilidade e pensamentos?


Tomara que tenha outro conto após Liberta-me rs
Este conto em ebook foi disponibilizado pela editora, para baixar  AQUI
Quem já leu, o que achou?

Se eu demorar a passar no blog de vocês não estranhem, minha net tá uma patifaria(vocês conhecem esse termo? rsrs, todo estado tem suas palavrinhas estranhas né rs = adaptado ao contexto, de sacanagem, uma merda... ah pronto, me trolando rs).

Beijos tuk tuk tuk :*

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Vou lhe mostrar o medo - O mistério de Edgar Allan Poe - Nikolaj Frobenius (Resenha #117)


Páginas: 296
Editora: Geração Editorial
Capa: ★★
História:  

Sinopse: Edgar Allan Poe (1809-1849), o célebre poeta e autor de histórias de terror, bem como criador do gênero policial na literatura, é o protagonista deste romance de suspense psicológico, que discute os limites da criação literária e a responsabilidade moral da arte. Nele vemos o jovem escritor norte-americano afligido pela pobreza, angustiado com a enfermidade da sua frágil esposa e assombrado por um maníaco que comete assassinatos inspirados nos seus escritos, além de sabotado em sua carreira pelo crítico literário Griswold, que lhe dedica um misto de admiração e ódio. Publicado em toda a Europa, traduzido em dez idiomas e plagiado por Hollywood, este romance premiado marca a estreia, no Brasil, de Nikolaj Frobenius, um dos grandes expoentes da moderna literatura norueguesa. 


Edgar Allan Poe perdeu sua mãe ainda criança, ele e seus outros irmãos foram adotados por famílias diferentes. Foi a universidade querendo tornar-se escritor para mostrar a seu pai adotivo que valia mais do que ele pensava. Poe era um tanto exótico para os poetas de sua época  pelo menos era o que todos achavam. Os contos e poemas dele apesar de inteligentes eram um tanto mórbidos, sombrios e nem todos sabiam apreciar, porém para outros ele era um gênio. Mas depois que houve um assassinato um tanto bizarro, já que a forma da morte era igual ao um dos contos de Poe, algumas suspeitas pairam sobre ele.

O enredo mostra a vida de Poe, sua busca pelo sucesso, sua vida amorosa e esses misteriosos assassinatos tão idênticos a seus contos. Eu queria que houvesse mais ênfase aos assassinatos, pois alguns momentos ficava muito na vida, do dia a dia dele. Os personagens são bons, cada um em seu momento da história, mas além do Poe, Ruffus Griswold se destaca, ele foi um tanto enigmático para mim, hora achava que ele odiava Poe, hora que respeitava, ou que amava(é amava). Juro que achei que seria um livro mais “aterrorizante”,  sombrio, (eu queria) até pelo título, mas que nada, a história na minha opinião tem um leve suspense e só, não causa medo, horror nem nada do tipo.

Edgar Allan Poe era um poeta norte – americano, que de acordo com as informações da orelha do livro e da sinopse do skoob, foi um criador do gênero policial.



Onde Comprar: Saraiva / Fnac / Travessa / Buscapé (todas as ofertas)

Alguém já leu? Quem não, leriam?

Uma ótima segunda! Beijos tuk tuk tuk :*

sábado, 19 de outubro de 2013

Lançamentos de Outubro: Arqueiro/Sextante e Pensamento Cultrix/Jangada


O HOMEM QUE AMAVA MUITO OS LIVROS

Autor(es): Allison Hoover Bartlett
Editora: Seoman
Páginas: 208

O impenitente ladrão bibliófilo Gilkey roubou uma fortuna em livros raros. Porém, diferentemente da maioria dos ladrões que roubam para auferir lucro, Gilkey rouba por amor: amor aos livros. Talvez igualmente obsessivo seja Ken Sanders, o autointitulado "bibliodetetive", que dedica-se a capturá-lo. Com um misto de suspense, intuição e humor, a jornalista Allison Hoover Bartlett teceu sua narrativa acerca da perseguição ao estilo "gato e rato", que revela precisamente não apenas como Gilkey cometeu seus crimes e o modo como Sanders conseguiu capturá-lo, mas, também, explora o aspecto romântico dos livros, do anseio por colecioná-los e da tentação de roubá-los.


O TESTAMENTO DO JUÍZO FINAL

Autor(es): James Douglas
Editora: Jangada
Páginas: 408

Jamie Saintclair, um especialista em recuperação de obras de arte, achava que conhecia o avô; mas, quando se depara com o diário perdido do ancião, fica surpreso ao descobrir que o amável clérigo anglicano era um herói condecorado do Serviço Aéreo Especial, na Segunda Guerra Mundial. E o avô ainda lhe reserva outra surpresa: um mapa escondido dentro da contracapa do diário, com um estranho simbolismo nazista. Essa simples descoberta irá lançá-lo numa vertiginosa caçada ao tesouro por toda a Europa e num mergulho no passado sombrio da Alemanha. Existem pessoas que matariam para encontrar o artefato perdido e, embora não saiba disso, Saintclair detém a chave para seu esconderijo.


A BIBLIOTECA PERDIDA DO ALQUIMISTA   

Autor(es): Marcello Simoni
Editora: Jangada
Páginas: 368

Primavera de 1227. A Rainha Branca de Castela desaparece de forma misteriosa. Estranhos rumores se espalham pelo reino e alguns falam de uma intervenção diabólica. A única pessoa que pode resolver o enigma é o mercador de relíquias Ignazio de Toledo, conhecedor de ciências herméticas e notável por sua capacidade de resolver mistérios antigos. Em Córdoba, onde Ignazio foi convocado, ele encontra um velho mestre, que fala de um livro que todos procuram e que pode dar pistas sobre o desaparecimento. Porém, no dia seguinte, o mestre é encontrado morto, envenenado. A busca de Ignazio começa imediatamente. O encontro, em seguida, com uma freira e um homem considerado por todos um possuído, conduz Ignazio ao castelo de Airagne e a um misterioso homem, o Conde de Nigredo. Nesse local se oculta um terrível segredo, mas não será fácil sair dali com vida depois que ele for descoberto.





Onde mora a coragem - Stanley Gordon West


Cada morador da pequena cidade de Willow Creek parece guardar um passado de perdas, alguma história que os fez buscar esse lugarejo esquecido pelo mundo e nele se estabelecer. Apesar de tudo, eles seguem adiante com determinação. Durante o rigoroso inverno, quando o trabalho nas fazendas diminui, os jogos de basquete são a força vital da cidade. Se o time perde, o desânimo se instala e o frio se torna insuportável. E já se vão cinco anos sem que a equipe de Willow Creek obtenha uma vitória sequer. Contudo, o destino ainda reserva algumas surpresas. Quando um excelente jogador vindo de Milwaukee e um norueguês de mais de 2 metros de altura chegam à cidade, o técnico Sam Pickett vê neles a possível salvação do time. Sam assume a difícil missão de ensinar basquete ao gigante e consegue reunir um grupo improvável de seis garotos. Com o novo desafio e a ajuda inesperada de Diana Murphy, a professora de biologia, Sam vai combater seus fantasmas e tentar reconstruir a própria vida. Onde mora a coragem é uma comovente história que mostra que o verdadeiro heroísmo está em recusar-se a desistir, mesmo quando parece não haver nenhuma chance de vitória. 



Anjo caído - Daniel Silva



Após quase ser morto em sua última missão, o ex-agente israelense Gabriel Allon não quer mais pensar no serviço de inteligência. Dedicando-se a seu trabalho como restaurador de arte, ele se refugia no Vaticano para dar nova vida a uma das maiores obras-primas de Caravaggio. Certa manhã, ele é chamado à Basílica de São Pedro pelo monsenhor Luigi Donati, o poderoso secretário pessoal do papa Paulo VII. Sob o magnífico domo de Michelangelo, jaz o corpo de uma linda mulher. A polícia suspeita de suicídio, mas Donati não acredita nessa hipótese e pede a Gabriel que investigue discretamente o caso. Ele só recomenda que Allon fique atento à regra número um do Vaticano: “Não faça perguntas demais.” Gabriel logo fica sabendo que a mulher descobriu segredos perigosos que ameaçam uma organização global envolvida com o comércio ilegal de antiguidades. Sem saber aonde sua caçada o levará, ele precisa impedir um atentado devastador que mergulharia o mundo em um conflito apocalíptico. Uma inebriante mescla de arte, intriga e história, Anjo caído conduz o leitor por câmaras obscuras do Vaticano, pistas de esqui glamourosas de St. Moritz e avenidas graciosas de Berlim e Viena, até alcançar o inesperado clímax nos subterrâneos do território mais sagrado e disputado do mundo. 


Marcoré - Antonio Olavo Pereira



“O que constitui a maior originalidade do romance é a sua construção. Nele o fio da vida corre como a própria vida. É um livro de valor. Um livro que faz chorar. Mas é acima de tudo um romance.” – José Lins do Rego Publicado pela primeira vez em 1957,Marcoré recebeu o Prêmio de Romance da Academia Brasileira de Letras e foi aclamado pelo público e pela crítica, sendo considerado uma das grandes obras da moderna literatura brasileira de cunho psicológico. Depois de mais de duas décadas fora do mercado, ganha nova edição em comemoração ao centenário de nascimento do autor, com belas ilustrações do gravurista pernambucano Newton Cavalcanti. Com um estilo sóbrio e intimista, Antonio Olavo Pereira retrata o dia a dia de uma pequena cidade no interior de São Paulo. O protagonista é o oficial-maior do cartório da cidade, um homem introspectivo que se vale de seu privilegiado posto de observação – aonde as notícias sobre nascimentos, mortes, casamentos e acordos comerciais chegam em primeira mão – para especular sobre as motivações ocultas das pessoas e refletir sobre a condição humana. Consciente da precariedade da existência, ele enxerga a vida com um pessimismo temperado com compaixão. O drama central da narrativa, no entanto, se desenrola na vida pessoal do oficial-maior, dentro da casa dos sogros – onde mora –, no convívio com a doce e frágil esposa, Sílvia, e nas dificuldades de relacionamento com a sogra irascível. A sufocante rotina familiar acaba sendo quebrada por uma notícia surpreendente que irá provocar mudanças inesperadas para todos: depois de dez anos de casamento, Sílvia descobre que está grávida do primeiro filho, Marcoré. Preciso e econômico na linguagem, Antonio Olavo Pereira demonstra um profundo conhecimento da natureza humana ao criar personagens extremamente verossímeis que parecem compor um documento da vida familiar brasileira. 


Pela luz dos olhos seus - Janine Boissard



Uma emocionante história de amor de Janine Boissard, uma das mais renomadas romancistas da França, com mais de 1,8 milhão de livros vendidos no mundo. Laura Vincent cresceu entre o mar e as macieiras da Normandia. Passou a adolescência à sombra da irmã mais velha. Agathe – a bela – era admirada e disputada por todos os garotos da cidade; Laura – a pequena – passava as noites em casa, lendo romances. Mas o destino preparou uma surpresa para Laura. Trabalhando como assessora de imprensa de músicos, ela recebe, no dia seguinte ao seu aniversário de 26 anos, a visita do agente de um dos tenores mais famosos do mundo. Ela é requisitada para ser guia dele e seu chefe não deixa margem para discussão. Rico e bem-sucedido, Claudio Roman viaja pelo mundo emocionando plateias com sua voz. Fã de banquetes, bebedeiras e belas mulheres, ele parece ter tudo o que quer, porém seu comportamento esconde a amargura de nunca poder interpretar Alfredo, em La Traviata, por causa de um ataque criminoso que lhe custou a visão. Laura está preparada para lidar com um homem difícil e arrogante, mas, assim que ouve Claudio cantar pela primeira vez, ele toca seu coração. Aos poucos, mais do que sua guia, ela se torna também a confidente das noites sombrias de angústia. Como ela nunca lhe pede nada em troca de seu apoio, Claudio promete lhe dar qualquer coisa. No momento certo, ela cobra a promessa: quer que o cantor se submeta a um transplante de córnea capaz de lhe restituir a visão de um dos olhos. Apaixonada e convencida de que Claudio não precisará mais dela quando voltar a enxergar, Laura vai embora sem se despedir e sem dar a ele a oportunidade de vê-la. Será que Claudio saberá lidar com essa decisão? Ou ele vai enfim perceber que sempre lhe faltou o alimento mais essencial à vida: o amor? 



Sessão de Terapia - Jaqueline Vargas


“Theo tem um tanto de anti-herói: por trás da máscara profissional impenetrável, há um homem a um passo do colapso.” – Veja Sessão de Terapia, o livro, traz o relato secreto de Theo Cecatto – seus pensamentos, suas fobias e os acontecimentos antes e depois de cada sessão. É um diário emocional de tudo o que aconteceu com ele enquanto Júlia, Breno, Nina, João e Ana estavam em terapia. Aos 56 anos, dono de uma carreira sólida na psicologia e com um consultório lotado de pacientes, ele se encontra em uma dupla crise. Seu casamento de décadas parece um campo minado. Fora isso, o trabalho, que sempre foi tudo para ele e seu maior aliado para fugir dos problemas, se tornou um fardo insustentável. Numa narrativa que surpreende pela complexidade dos personagens e de seus dilemas, o livro conta em primeira mão o que não foi mostrado na série de TV e ficou reservado para os leitores. A voz de Theo revela gradativamente o homem por trás do profissional e a humanidade gigantesca que existe em tentar ajudar o outro em seu caminho de autoconhecimento. Mais de 9,5 milhões de espectadores mergulharam na atmosfera intimista do consultório de Theo para assistir a Sessão de Terapia, versão brasileira da série israelense que conquistou crítica e público em mais de 30 países. Sucesso na TV, o cotidiano dramático de um psicólogo e seus pacientes ganha agora nova dimensão ao levar o leitor para o universo pessoal do terapeuta.


E ai, quais dos lançamentos vocês curtiram?
No site das editoras vocês encontram mais informações..

Beijos tuk tuk tuk :*