Menu

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

# Resenha 37: Doença e Cura - Fabian Balbinot

Editora: Alcance
Páginas: 256
Capa: 
História: 
Skoob 
Sinopse: Em um submundo de sombras e poder, onde os vampiros são reais, surge uma entidade desconhecida, que perambula em uma incansável busca pelo sangue eterno dos mortos-vivos, enlouquecendo-os com pavores semelhantes aos que eles costumam infligir aos seres humanos, e usando os próprios humanos como iscas para atraí-los...





Quando eu vi este livro, pensei: nossa acho que vou adorar, bom..isso não aconteceu exatamente. Eu sou viciada em histórias sobrenaturais em especial vampiros. Este livro fala sobre eles, os vampiros, mas também, existe outro ser sobrenatural, como ele mesmo se denomina, o vampiro dos vampiros, ou melhor, ele é a doença e a cura, o porquê?ham...não vou contar né. A história se passa com diversos personagens, que encontram com a morte no momento que se deparam com estes seres. Eles possuem a Dádiva em seu sangue, o que os tornam superiores. Os encontros são sempre destrutivos para suas vítimas, sangue e cenas descritivas, achei legal.


 Em cada capítulo é contado sobre um personagem,  todos sem nomes. As vezes me sentia perdida sem saber se era o mesmo personagem ou não, mas como as vezes eram vampiros ou vampiras, isso ajudava a diferenciar. Achei o enredo  um pouco confuso  e o fato de que os personagens não tenham nomes pesou um pouco na nota, mas a falta de nomes não seria tão relevante se não me sentisse confusa, pois já li outros livros assim. Uma outra coisa que não gostei muito, foi que em algumas partes era como se fosse uma autobiografia por parte do vampiro. A história tem um mistério e este se esclarece no fim, e mesmo sendo diversos personagens, junto com o desfecho final, sabemos o porquê  tudo ocorre. Mesmo sentindo-me confusa em relação ao enredo,  a narrativa é rica em detalhes e forte, o que demostra a capacidade de criar por parte do autor.

Cada pessoa terá uma impressão e só lendo para formar a sua. 



Image and video hosting by TinyPic

Tenham uma ótima semana! Beijos..

23 comentários:

  1. Gostei da resenha, já livros que o nome dos personagens não era citado, como O Mundo de Vidro, mas isso não atrapalhou a leitura e nem me deixou confusa. E eu odeio quando me sinti confusa lendo um livro, quando não entendo direito ;x Acabo por ler o livro lentamente por de voltar as páginas para entender melhor rs'

    Bj;*
    Naty - Just Books !

    ResponderExcluir
  2. Hmm... Também estava bem interessada em lê-lo, mas se é assim, meio auto-biografia vampirisca e sem nome ainda, não sei se vou gostar muitos... Mas como disse, só lendo para formarmos nossa opinião. Até o fim de 2012 eu leio! ;P

    Beijinhos,
    www.primeiro-livro.com

    ResponderExcluir
  3. Oi oi

    Ainda está tão na moda romances vampirescos.. ai ai, mesmo gostando de vampiros tradicionais, fiquei curiosa com o fato de ter vampiros de vampiros :o.

    Acho legal ter escritores brasileiros se aventurando nesse meio sobrenatural! *-*

    Gostei da capa, acho que se houver alguma oportunidade, lerei o livro. :3

    XoXo

    Samantha Monteiro
    Word in My Bag.
    http://wordinmybag.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Boa Noite ;)

    Devido ao Enem fiquei ausente do blog não respondi comentários e nem consegui passar nos blogs amigos para comentar. Peço desculpa pela ausência, mas já estou voltando a visitar e comentar!

    Adorei a sua resenha. Se não me engano avaliamos ele com o mesmo número de estrelas. ;)

    Tenha uma ótima Semana.
    @AngelKiller_
    Blog/ http://anime-daiki.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Acho que entendi o que você quis passar pela resenha e fiquei com a impressão de que não irei gostar muito desse livro! Primeiramente quando ouvi falar sobre ele achei que fosse gostar, depois não sei onde li algo a respeito e percebi que o estilo que ele havia sido escrito não me agradaria exatamente! Mesmo sendo bem escrito e rico em detalhes não quer dizer que irá agradar a todos, o que eu acho que é esse o caso! Talvez não seja aquela leitura mais geral que agrada a maioria dos gostos!

    Beijos e agradeço enormemente pela sinceridade, infelizmente é algo difícil de encontrar nos blogs hoje em dia!

    ResponderExcluir
  6. Olá Effy

    Adorei encontrar vc aqui na blogolândia. Sou Kinha do blog AMIGA DA MODA e vim conhecer seu espaço. Gostei e já estou te seguindo. Vou aguardar a sua visita e ficarei feliz se me seguir também.

    Bjooooooooooooo......................
    www.amigadamoda1.com

    ResponderExcluir
  7. Xii...
    Histórias assim não me agradam. O enredo parece ser interessante, mas não percebi nada de novo. E pela falta de nome e confusão, vou deixar ele passar. Quem sabe um dia?

    Bia | Blog Livros e Atitudes

    ResponderExcluir
  8. Hum...

    Não gosto de histórias assim, embora ame vampiros, gosto de compreender o livro asuahushashauhsa. Não me interessei muito mais...

    Beijos

    Amigas entre livros

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Uma pena que pelo jeito você tenha se decepcionado um pouco com a história, e realmente parece confuso os personagens não terem nomes.
    Acho que eu ficaria bem perdida, mas é diferente!
    Ainda não tinha ouvido falar no livro, mas não me atraiu muito.

    Beijos,
    Abrigo Literário.

    ResponderExcluir
  10. Oi Effy!
    Não sabia do livro, tbm sou fã de historias com vampiros, talvez não o lesse agora pelo fato de ser um pouco confuso a narrativa. Mas quem sabe né...
    BJ!

    -Amigas Entre Livros-

    ResponderExcluir
  11. Acho que é a primeira resenha que leio desse livro, mas já não me agradou muito. Já não tinha muita curiosidade de lê-lo, e saber que são vários personagens misturados e uma narrativa confusa desanima um pouco.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Gostei da sua resenha e mesmo pelos pontos negativos como o fato dos personagens não terem nomes próprios e a leitura ser um pouco confusa,fiquei curiosa em ler pode ser que mais para frente eu leia.
    Beijos.

    Books e Desenhos

    ResponderExcluir
  13. Gostei muito da resenha! E do blog também! Já estou seguindo! Abraços

    ResponderExcluir
  14. Oi Effy!
    Adorei sua resenha. Já tinha visto outras, em que a parte de não ter nome os personagens, foi o ponto mais forte. Mas eu acho que me sentiria confusa também com isso.

    Beijos, Kamila
    http://vicio-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Confesso pra você que não gosto muito de vampiros, sei lá, peguei birra porque esta muito na moda! rs
    Estranho isso de os personagens não terem nome. Acho que ficaria bastante perdida em um livro como esse. rs
    Ótima resenha Effy!

    Beijão
    http://manialiteraria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Parece ser bem legal esse livro e o nome já me chama a atenção... Doença e Cura.
    Eu vi na Bienal daqui... Tive até vontade de comprar, mas eu estava atrás de outros livros (dei preferencia aos que o autor/a que estava por lá.
    Beijosss
    Bianca,
    Book mania
    http://bookmaniablog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Já li esse livro. Tive a mesma impressão que você! Também fiquei confusa...

    ResponderExcluir
  18. Hmm, achei o tema bemm interessante, Effy!
    E nunca li um livro onde os personagens não tivessem nome. Deve ser um pouco confuso, mas me intrigou muuuito.
    E eu sou amante de vampiros assumida. E qualquer tipo de vampiro; dos brilhantes aos monstros sem consciência e sem sentimentos.
    Tenho quase certeza de que vou gostar desse livro. Vou marcar ele por aqui agora mesmo :)
    Ótima resenha!

    Beijoos

    ResponderExcluir
  19. Fabian Balbinot, autor de Doença e Cura, falando...

    Nossa, com todo mundo ACHANDO que vai ficar confuso, resta tentar defender um pouco meu livro, usando a última frase da resenha: "Cada pessoa terá uma impressão e só lendo para formar a sua."

    A Effy não poderia estar mais certa. Isso é infalível em relação a Doença e Cura: cada leitor vai acabar tendo uma opinião diferente, principalmente pelo fato de o livro iniciar contando estórias diferentes de diferentes personagens e ESCRITAS de forma diferente, quase como se o leitor estivesse lendo uma coletânea de contos de vários autores, e não um romance.

    Uma outra blogger uma vez me disse que Doença e Cura é quase como uma montanha russa - você entra pra se divertir, e se diverte, mas pode acabar passando mal... ou ficando confuso, sei lá! Vai depender de cada passageiro.

    Abração a todos!

    ResponderExcluir
  20. Olá, amigos. Como sempre faço, estou recapitulando esta resenha de Doença e Cura lá em meu blog e nas redes sociais. Visitem http://magicjebb.blogspot.com.br/2012/04/doenca-e-cura-no-ensaios-de-uma-leitura.html

    ResponderExcluir
  21. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  22. Por algum motivo estranho meu outro comentário ficou cheio de coisas estranhas no meio das palavras... Mas adorei o livro. Me identifiquei, na época, porque foi uma história de vampiros incomum para mim. Mas como você falou, cada leitor vai interpretar de forma diferente o livro!

    Beijo!

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar no Ensaios de uma Leitura!
Volte Sempre!

Bjkas ^_^